Vanessa, pintora de azulejos de papel

Há quem pinte com palavras e veja o mundo em fractais azulados. Vanessa da Paz veio de Florianopolis, a ilha mágica do Estado de Santa Catarina, no Brasil. Chegou ao Coletivo Bandido, em Oeiras, seguindo o fio do acaso. A contemplação, as cores garridas e a deambulação ocupam os seus dias. À noite, no atelier oeirense, fixa em azulejos de papel cenas vividas entre Alfama, o Chiado, as praias em torno e por onde a leve a arte.

Em qual playlist quer adicionar esta peça?

Tem a certeza que pretende eliminar a lista ?

Necessita de estar registado para adicionar favoritos

Login Criar conta
Partilhar

Na alvorada da era do GPS, o poeta e criador radiofónico Pejk Malinovski não resistiu ao apelo de um nome inscrito no mapa do faroeste americano: “Poesia”.

 

A uma hora de distância de Dallas, o microfone vagabundeia, hipnotizando-nos na busca da (não) poesia de Poesia – uma vila atravessada por uma estrada, em pleno Texas: uma bomba de gasolina aqui, uma escola ali, uma igreja acolá; talvez um cowboy naquela esquina.

Num ensaio sobre Poetry Texas para a RadioDoc Review, Kyla Brettle delicia-se com a errância literária de Malinovski pela poesia mais literal de todas. “O que é a Poesia?”. As várias camadas de vozes e sentidos desta diletante deambulação merecem, para Brettle, a legenda de “poesia radiogénica”.

 

Menção honrosa do júri do Prix Europa 2012.

autoria & produção
Pejk Malinovski
produção
The Falling Tree para BBC
Radio 4
primeira emissão
14.05.2012
BBC Radio 4
primeira emissão em língua portuguesa
13.02.2022
poesia.fm
tradução do guião para língua portuguesa
Miguel Cardoso
adaptação e edição para legendagem
André Demony
André Cunha
legendagem
Il Sorpasso