Vanessa, pintora de azulejos de papel

Há quem pinte com palavras e veja o mundo em fractais azulados. Vanessa da Paz veio de Florianopolis, a ilha mágica do Estado de Santa Catarina, no Brasil. Chegou ao Coletivo Bandido, em Oeiras, seguindo o fio do acaso. A contemplação, as cores garridas e a deambulação ocupam os seus dias. À noite, no atelier oeirense, fixa em azulejos de papel cenas vividas entre Alfama, o Chiado, as praias em torno e por onde a leve a arte.

Em qual playlist quer adicionar esta peça?

Tem a certeza que pretende eliminar a lista ?

Necessita de estar registado para adicionar favoritos

Login Criar conta

Pedro, mecânico de bicicletas

Partilhar

A bicicleta é o melhor descapotável que existe, um veículo para respirar, parar quando nos apetece, ver o mundo.

Assim é para Pedro Lima. Mesmo quando, na oficina que herdou do pai, as aflições de ciclistas e motoqueiros se sucedem num ritmo frenético, até deitar rodas pelos olhos.

Nada que não se resolva frente ao seu espelho mágico.

Conversa com um vizinho que acha que não é poético mas já inspirou, pelo menos, um poema.

Gravação
Oriana Alves
Edição áudio
I. Rodas
Oriana Alves
sonoplastia
Sérgio Milhano, Pedro Baptista
PontoZurca