Há postos para a poesia?

Rudimentos vocais

Aspirações orais

Há dias sonoros

Inquietações hertzianas

Ortografias abertas

Poesias ampliadas

Ondas magnéticas

Escavadas na garganta

Sintonias do tempo

In ti mi da de

Arte Memória Política Opinião

Fruição

Meditação

 

E tudo a postos para escutarmos os espíritos?

Amantes da poesia, camaradas ouvintes, coreógrafas da língua, encenadoras dos lábios

Prontas para afinarmos os espíritos?

Artesãs de palavras, operárias do texto, juristas das frases feitas e cuidadoras de ideias

Tudo a postos para sermos poesia?

Há postos para a poesia?

 

 

 

 

Raquel Lima

Em qual playlist quer adicionar esta peça?

Tem a certeza que pretende eliminar a lista ?

Necessita de estar registado para adicionar favoritos

Login Criar conta

Cláusula pétrea do desejo

Partilhar

Cláusula pétrea do desejo

 

ken amanhece bem excitado
roçando a pélvis na namorada
plástico com plástico
sem partes de baixo

 

os ossos frontais do quadril do ken
indo em direção às nádegas
grudadas da barbie
como quem diz
vou te macetar
desde a impossibilidade
da macetada

 

barbie empina a raba
logo cedo
aceitando a proposta
audaciosa do parceiro
de fazer amor
de um jeito nunca antes feito
que circunscrevesse nos
seus corpos algo
que a mattel
jamais premeditou

 

in Efeito Barbie (Edições Macondo, 2022)

 

 

 

ken não diz que me ama
mas dorme comigo

 

como se nos amássemos nesse
instante em que tenta abrir seus dedos
encaixar um pouquinho mais adorando
por dentro dos vincos do plástico a ideia
de preencher esse espaço vazio
corrompido por uma anatomia indesejada
no limite entre a contradição e a aproximação
da mesma forma asséptica dos nossos corpos
gostando no fim do que vê de seu em mim
com a mesma ternura que os anjos
fazem sexo sem usar as mãos

 

 

inédito

publicação
30.11.2022
gravação
Gal Freire
paisagens sonoras
Jo Mistinguett 
masterização
Sérgio Milhano, PontoZurca